Facebook Twitter

Les Quatre Grans Cròniques

Jaume I
Agora contaremos de que maneira nós fomos engendrados e como foi o nosso nascimento. Primeiro, de que maneira nós fomos engendrados. Nosso pai, o rei Dom Pedro, não queria ver nossa mãe, a rainha. E sucedeu que uma vez o rei nosso pai estava em Lates , e a rainha em Miraval. Um rico-homem de nome Guilherme de Alcalá veio ao rei, e pediu-lhe tanto que o fez vir a Miraval, onde estava a rainha, nossa mãe. Naquela noite em que ambos estavam em Miraval quis Nosso Senhor que fôssemos engendrados . E quando a rainha, nossa mãe, se sentiu prenha, foi para Montpelier. E aqui Nosso Senhor quis que fosse o nosso nascimento, na casa daqueles de Tornamira, na véspera de Nossa Senhora Santa Maria da Candelária . E nossa mãe, assim que nascemos, enviou-nos à Santa Maria, levando-nos nos braços e dizendo as matinas na igreja de Nossa Senhora. E assim que nós passamos pelo portal, cantaram Te Deum laudamus. Os clérigos não sabiam que nós iríamos entrar ali, mas nós entramos quando eles cantavam aquele cântico.

Depois disso nos levaram para São Firmino. E quando aqueles que nos levavam entraram na igreja de São Firmino, cantavam Benedictus Dominus Deus Israel . E quando nos levaram de volta para a casa de nossa mãe, ela ficou muito alegre com esses prognósticos ocorridos conosco. Mandou então que fizessem doze velas, todas do mesmo peso e tamanho, as fez acender ao mesmo tempo, e a cada uma deu o nome de um dos apóstolos. Além disso, prometeu ao nosso Senhor que nós receberíamos o nome daquela que mais durasse. E como durou mais a de São Jaime, quase três dedos de altura a mais que as outras, por isso e pela graça de Deus nós temos o nome de Jaime.

E assim nós procedemos da parte de nossa mãe e do rei Dom Pedro, nosso pai. Parece obra de Deus que os acordos [4r] que o nosso avô fez para ter esta como mulher aconteceram depois, de modo que daquela natureza do imperador Manuel e de nosso pai, o rei Dom Pedro, pelo matrimônio foi recuperada a falta ocorrida no outro matrimônio.

Adiante, quando nós jazíamos no berço, por uma janela atiraram uma pedra sobre nós, mas ela caiu perto do berço, pois Nosso Senhor quis nos salvar para que não morrêssemos.
Traduït per Luciano José Vianna
Jaume I, . Traducció inédita de Luciano José Vianna
Comentaris sobre obres
Llibre dels fets
per Stefano Maria Cingolani
Fragments
Llibre dels fets del rei En Jaume
Català modern (Bruguera) | Català modern (Pujol) | English | Italiano | Japonès | Português
Bibliografia
Altres
Cercador d’autors
A-B-C-D - E-F-G - H - I
J - K - L - M - N - O - P - Q - R
S-T-U-V-W-X-Y-Z
Traduccions de la literatura catalana
Podeu consultar més pàgines sobre la literatura catalana en traducció a:
Amb el suport de: